"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Voz do poeta


       Aos poetas montesclarenses

Se meus versos se calarem
no amanhã...
Que saibam que fui profeta
desse “desacontecimento”.
Ou proclamem nas sobras
da ordem e do progresso
mil séculos sem poetas
em favor do meu silêncio.

Raquel Amarante N. 2008 - Psiu Poético

                                                  



0 Comentários:

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal