"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

sábado, 23 de abril de 2011

Exílio



Se me condenassem
a viver ao teu lado.
Que bem me fariam
viver exilado.
Porque tão doce
seria a sentença,
de ver, entre as grades, o sol
que é a tua presença.

Raquel Amarante N. *2008

4 Comentários:

Glorinha L de Lion disse...

Raquel, gostei muito do do li, muito prazer, já me pendurei no teu varal...estou a secar ao sol, bjs,

Ângela disse...

Raquel, adoro ler poesias, e pelo pouco que vi e li por aqui, gostei muito. Mas me diga por que arquitetos tem gosto "engraçado", fiquei curiosa, me explique por favor. Assim como Glorinha eu já me pendurei no seu varal.
beijos carinhos, e apareça sempre por lá, adoro receber visitas.
Desejo a você uma páscoa cheia de delicias.

Catia Bosso disse...

Que lindinho!!! Tudo por aqui é aconchegante... voltarei mais vezes!
bjs

Catia

sandra camurça disse...

Raquel, cá estou retribuindo sua visita. Gostei do blog, viu? :)

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal