"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

sábado, 30 de abril de 2011

Toda sentença




Toda sentença é de morte
porque toda sentença
é de indiferença.

Raquel Amarante N.

3 Comentários:

Fred Caju disse...

Quando sim, sim.

Geladeira disse...

Como diz Érico Veríssimo: O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença.
Acredito que onde não há amor, sempre haverá morte!

Bjs

Ingrid disse...

opa!.. forte e real..
beijos..

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal