"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Amor de passarinho



Deixa eu fazer meu ninho
em suas asas.

(Raquel Amarante)


:) Ouçam a música abaixo:
Nara Leão - Fiz a cama na varanda - Prenda Minha

28 Comentários:

Parole disse...

Um encanto!!! Palavras e foto.

Beijinhos

Luis Eustáquio Soares disse...

ninho solto nos galhos estrelados do vento é asa de contentamento e voa achadamente perdido,
no firmamento
no pensamento
no exterior
destormento
de
não ser
mas
estar
no
desconfinamento
firmamento
b
de la mancha

Alê disse...

Que delicadeza!!!!


Bjos

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Asas são sinônimos de abraço, aconchego e proteção. Não há lugar melhor para construir um ninho.
E a imagem uma fofura.
Beijokas doces e uma semana de muita paz.

Jones Barreto disse...

Gostei demais da foto! e a ligação com as palavras... E obrigado por gostar do meu caderno! (rsrs) bjo, Raquel! ;]

Van disse...

Quanta meiguice!

Beijos, Raquel querida!

luiz gustavo disse...

métodos



cantar alto no asfalto
as aves e as libélulas
nos perseguem

- diferenciamos: aves e libélulas

sigo meus métodos
e sangro o dorso
não canto nada -

ela canta e cantava
como avelibélula
voava

mais nada

Al Reiffer disse...

Gostei muito do teu blog. Parabéns!

Fred disse...

Lindinho demais, tchê!
Bjsssssss!!!

Anônimo disse...

"Amor de passarinho"
Amor peregrino, livre, leve
vento e torvelinho,
mas há de estar sempre lá
no aconchego da asa do amor do seu ninho.

Será que 'alguém' viu um passarinho?!

Anônimo disse...

"Amor de passarinho"
Amor livre, leve, peregrino,
vento e torvelinho,
mas há de estar sempre lá
no aconchego da asa do amor do seu ninho.

Será que 'alguém' viu um passarinho?!

Tatiana Moreira disse...

Oi Raquel...
Quando gostamos de alguém tudo o que mais queremos é de alguma forma fazer parte do seu mundo!
ADOREI suas palavras!
Um beijo carinhoso

Rebekinha disse...

Que fofinho!
Beijinhos

Teresinha Oliveira disse...

Só tenha cuidado em escolher as asas moradia. O percurso do vôo será alheio...

Raquel Amarante disse...

Cara amiga anônima,

Jogando passarinhos verdes para colher maduros..rsrsr
BJIM ;)

Raquel Amarante disse...

Olá Luis Eustáquio e Luiz Augusto!

Que versos mais lindos!!!

LUIS - LUIZ - LUZ!!!!

Obrigada!

Raquel Amarante disse...

Feliz pela visita de tantos poetas!!!

Fernand's disse...

ahhhhhhhhh,
me roubou um sorriso!


:D

bj, querida.

Valéria Sorohan disse...

"Teu céu é ambiente perfeito para minhas asas"

BeijooO*

Anônimo disse...

rsrs logo eu, Cara poetisa?
Saiba que são os teus passarinhos, verdes ou coloridos, que além de asas belas têm uma cantoria indiscretamente apaixonada que não me deixa sossegado, voam tão felizes...
rsrsrs

P.S.: Há algum tempo não via a dona da casa sair ao quintal e passear entre os seus varais radiando simpatia aos seus vizinhos. Bem te vejo novamente, e espero que assim seja mais vezes. Abraço, amiga.

Domingos Barroso disse...

Raquel, a leveza das palavras
revela a doçura da tua alma
...


Beijo carinhoso.

Fouad Talal disse...

saudações!
seja bem-vinda, sempre.
meu abraço,
ft

de leve
tertúlia pão de queijo

Fred Caju disse...

E todos já sabem: o ponto forte daqui é a delicadeza. Parabéns, Raquel!

Alvarêz Dewïzqe disse...

Fico aqui pensando, quem resistiria a um pedido desses, assim?

Ígor Andrade disse...

Li muita coisa aqui hoje, e gostei muito. Grande abraço, Raquel!

Zilda Santiago disse...

cheguei aqui procurando uma imagem no google!Gostei e fiquei.Parabéns pelo blog!Bjsss na alma.

Guilherme disse...

E que as asas sejam parte de cada um. E que não falte nunca céu.

Catia Bosso disse...

Raq!!!

Não resisti a imagem e vim checar o contexto... adorei tudo... tenho calopsitas, adoro as aves e seus amores são lindos!

bjsss meussss

Cat

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal