"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Aliança

Eu sou uma criança
banhada a ouro
deixa eu ficar no seu dedo
para sempre.
Tira esse ferrolho do peito
e aceita.
Aceita lacrar nossas vidas
no inviolável pacote do destino.
Aceita calado feito
menino mudo.
E acata a expressão de alegria
que deve estar aí em algum lugar
do teu peito.


(Raquel Amarante)

14 Comentários:

Raquel Amarante disse...

Tadinho dele... rs

Anônimo disse...

diz o carpinejar que "liberdade na vida é ter alguém pra se prender".

tenho minhas dúvidas a respeito...
um beijo!

Anônimo disse...

Áurea submissão de suserano apaixonado servilmente prostrado ao nobre amor vassalo...
E o que se suplica é a prisão incondicional, presa no dedo, guardada no peito, não importa tão quanto seja maciço valioso ouro, pois mais forte, sensível e inestimável é o macio amor, nobre ouro 'dos tolos'.

E o que se quer tão banhado a ouro é ser seu ourives, ainda que não o ouvires, da preciosa jóia que se chama coração, pois tão quilate ouro faz ladrar -e morder, será?- o mais feroz e docinho amor... rsrs

Anônimo disse...

Abrir o coração e aceitar a aliança pura, todavia não tao preciosa que quer aprisionar para sempre o pobre ser...Cheinho de metáfora e belo pequeno poema
beijokas doces.

Evanir disse...

Anjo ..
Desejo a você um feliz e abençoado fim semana
também dizer que a amizade verdadeira
levamos conosco para eternidade.
Assim é minha amizade e carinho por você.
Bjs no coração Evanir.

Bel Rech disse...

Lindo seu poema!!!Para entender,deve-se ler duas vezes...
Paz e bem

Carol disse...

Aliança pesa?

Shuzy disse...

Deixa eu ficar no seu dedo pra sempre??

Juro que não peso, não incomodo...
hehe

Tão bonita tua escrita!

A.S. disse...

Raquel,

Adorei ler-te!...


Beijos,
AL

Ingrid disse...

alianças de amor valem ouro..
beijinhos Raquel

Guilherme disse...

Doçura me cortou.. e sangrou bonito!

Thami Silva disse...

Pedindo com esse jeitinho... rs

Um doce de poema, Raquel.

Bjos !!

Raquel Amarante disse...

Estou muito encantada com todos os comentários..
Agradeço a visita de todos.

Raquel Amarante disse...

rsrs...

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal