"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

domingo, 7 de agosto de 2011

Poema de amor gestáltico

No fundo da figura-fundo
no coração desfigurado
gestaltens fecham a esmo.
[Amar e ser amado].

(Raquel Amarante)

3 comentários:

  1. Freud explica seu poema!Se não ele, a psicanálise pode explicar! Ele me deixou meio confusa...
    Beijokas doces!

    ResponderExcluir
  2. Oi Marly,
    Na realidade, Freud ñ explica este poema não. A Gestalt é uma linha de raciocínio diferente da Psicanálise.

    Obrigada pela visita!
    BjO

    ResponderExcluir
  3. No fundo da figura-fundo, coração desfigurado...

    Poesia linda por aqui :-)

    ResponderExcluir

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...