"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

domingo, 7 de agosto de 2011

Poema de amor gestáltico

No fundo da figura-fundo
no coração desfigurado
gestaltens fecham a esmo.
[Amar e ser amado].

(Raquel Amarante)

3 Comentários:

Marly Bastos disse...

Freud explica seu poema!Se não ele, a psicanálise pode explicar! Ele me deixou meio confusa...
Beijokas doces!

Raquel Amarante disse...

Oi Marly,
Na realidade, Freud ñ explica este poema não. A Gestalt é uma linha de raciocínio diferente da Psicanálise.

Obrigada pela visita!
BjO

Marceli Andresa Becker disse...

No fundo da figura-fundo, coração desfigurado...

Poesia linda por aqui :-)

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal