"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

domingo, 16 de outubro de 2011

Citando Diva Cunha

Antes que esta lâmina
fira definitivamente
os legítimos anseios
façamos um pacto:
eu me entrego toda
meio a meio.

(Diva Cunha - Livro: Armadilha de Vidro)

6 Comentários:

Alê disse...

Lindo texto!

Ingrid disse...

escolha interessante Rachel..
para pensar..
beijos querida

Denise Rodrigues disse...

oie...gostei do seu blog,muito bonito.. estou começando agora a escrever, desejo seguidores e em uma pequena audácia leitores,rsrs.. sempre vou retribuir comentários e visitas... as palavras me movimentam.. agradeço se me seguir,eu sigo de volta! bjs e abraços!

Eloah disse...

Querida que lindo! A recíproca deve ser sempre a verdadeira.Tenha uma semana iluminada.Felicidades sempre.Bjs Eloah

Anônimo disse...

"O ser busca o outro ser,
e ao conhecê-lo
acha a razão de ser, já dividido.
'pois' São dois em um:..." CDA

Acho que a lâmina feriu, penetrante e equidistantemente, o ser de CDA e os legítimos anseios de Diva Cunha, que ora você me apresenta.

Bom te ver.

bardo brasil disse...

Aplausos a boa poesia!

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal