"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Do que se sente

Se há uma ponta de planos
nos panos de sua camisa,
onde caiba meu ser desvalido,
eu te prometo tranquilidade e perigo.

Se há um tom de azul no seu céu
como há no meu
e o cruzeiro do sul que brilha aí
cá também,
não negue a Deus a prece, meu bem,
que aqui falo de amor com meu amém.

Se a saudade mais abate que bate
e a vida passa toda em tua mente
de algum tempo acalento maternal,
em meus braços eu te faço um embornal,
pra despejar todo infortúnio que se sente.

E se quiser o meu olhar mais afável
meu carinho, meu amor mais aderente,
seja semelhante ou mesmo diferente.
O que resta é sempre tão inominável...
E amor,

se reconhece, tão somente.

(Raquel Amarante)



7 Comentários:

Anônimo disse...

Tão somente inominável
no reconhecimento do amor...

PS.: Muito feliz estou por
lhe rever e reconhecer apesar
de tantas léguas de tempo,
ó sumidoura poetisa!

Anônimo, ele ela mesmos.

Ingrid disse...

magnífico!
relendo..e relendo..
beijos.

Anônimo disse...

Do que se sente no amor
Jaz alguém que te olha todos os plenos dias
Do que se casa nesse lar

Do que se cansa de sentir
Se cansa a monotonia dos dias sem ti
Do que aperta no peito

Do que se gosta
Do que se beija
Do que se quer
Do que se pensa

Do que se ama
Na exatidão dessas linhas curvas
Do que se pudesse
A eternidade

Se preciso for...
Eu alcanço
Faço pelo nosso amor



....

Nathalia Iury disse...

Que lindo, adorei. ><

http://nahboaoi.blogspot.com.br/

Evanir disse...

Carinhosamente passando para
desejar um feliz e abençoado Domingo.
Sem falar das saudades , que tenho no coração.
A vida tem dessas coisas de vez em quando
testa nossa fé e força para lutar.
Beijos no coração carinhos e afagos na sua alma.
Evanir.

Raquel Amarante disse...

Adoráveis comentários!! saudades de alguns comentaristas.. :)) Outros sempre bem vindos.. Vamos sentindo o amor e o inexprimível de cada dia..

Bessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal