"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Carta não enviada n° 25: Para minha filha

Filha,

Não entenda isto como um manual de princípios. Eu não escrevo para afastar ninguém de si mesmo. Se tivesse um minuto lúcido nesta minha estadia neste mundo, seria para lhe dizer para você se apaixonar pela vida. A vida e os rios surgem com propósitos, ir ao encontro do profundo, do inteiro, do perene. Sinta a imensidão do que lhe toca, e vai... 


Stella




Saiba mais sobre esta e as outras cartas: Sobre as "Cartas não enviadas" 



0 Comentários:

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal