"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

segunda-feira, 31 de março de 2014

Amor perene falta

O amor é mesmo o que sobra
o que resta, depois que tudo acaba...
é a lacuna que ficou entre os amantes
é o sonho impertinente
que a repressão permitiu lembrar
é uma lembrança vaga, mas acesa
é certa melancolia na madrugada
é o que escapa aos dedos
é uma vontade de aproximar...

Amor é isso que nos desperta para o sonho,
que nos acorda pra dentro.
É o que nos faz desejar...

(Raquel Amarante)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...