"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

sábado, 19 de abril de 2014

Vida em flor

Hoje eu faria até três poesias à vida
e cantaria gracias a ela com Mercedes Sosa.

porque felicidade é a cor do lápis
que a gente vai colorindo
pelos caminhos da folha...

---------------------------

Eu tive que apagar a luz
e ler com o cinza do abajur
as letras miúdas
quase mudas
que compactuavam com meu silêncio.
Paciência!


Eu não me arrependo
das flores que sepultei ainda jovem
Dos amores que abandonei
à beira do porto.

Eu fui atrás do arco-íris
e atrás do arco-íris há mesmo um tesouro.
as cores da estrada, do arco
fui eu quem pintei.

da vida não esperei nada
além do que eu plantei.

(Raquel Amarante)


sexta-feira, 11 de abril de 2014

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...