"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

terça-feira, 9 de setembro de 2014

É Primavera

não sou responsável
pela ferida
que lhe dói
aberta pela vida.

regue mais água
se envolva
que o tempo é propício
para nascerem belas flores.
brotarem os melhores amores...
esqueça de vez essas chagas
que traz teu destino tão cármico
que fez teu mercúrio retrógrado
pois veio aprender a amar de novo
a confiar de novo
a perdoar de novo
receba as flores desta vez.
receba as flores desta vez.
É primavera!

(Raquel Amarante)







_______________________________
Ela ainda nem chegou, a primavera, mas já antecipou em mim a poesia de um equinócio onde brotam novos amores. E que é preciso celebrar toda nossa capacidade de florir, de amar, de sorrir pós o já demodê outono/inverno. ;)




1 Comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

O recomeçar vem sempre cheio de esperanças.
Bjux

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal