"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Carta não enviada n. 27: quase 35 invernos

Eu disse que tornaria a lhe escrever... Cedo ou tarde. Pra você pode ser tarde, meu tempo não tem governo... Não queria ficar me justificando. Isto é pra quem errou.
Talvez eu não seja a melhor pessoa, por certo não sou a pior...
Nosso erro é nunca está pronto e esperar que os outros estejam.

Ando tão ciente de tudo. Cienteza nada vale. O bom sabedor sabe o que fazer,
eu não sei.

Nosso erro vital é não está pronto, a gente vem mesmo pra cá pra aprender... De repente a gente vai dançando conforme o ritmo, cantando conforme o tom, vivendo conforme o bater do peito. Não espero mais muita coisa não. Faz chuva ou faz sol aí? 

Stella

Saiba mais sobre esta e as outras cartas: Sobre as "Cartas não enviadas" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...