"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

domingo, 13 de outubro de 2013

Ever and ever


Meus sonhos são de pólvora
minha vida, arma
meu hipocampo sob o risco
de um dedo no gatilho.
Se eu atiro
vencê-los-ei
meus desafetos.
Perpetuaremos
relações de esquecimento.

(Raquel Amarante)

Cenas do Filme "Brilho eterno de uma mente sem lembranças"





2 Comentários:

Anônimo disse...

Mira
Alveja
Acerta
tiro pela culatra

Aos desafetos
sentimentos sinceros e eternos:
Desafeto não se desinfeta
ever never over...

PS: A.

Raquel Amarante disse...

kkkkkkkkkkkkkk

sad!

Perpetuar relações de esquecimento é sim muito possível, não enquanto se quer, se pensa nisso... rs Mas... enfim...

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal