"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

sexta-feira, 14 de março de 2014

Ainda bem

Falo de amor baixinho
como quem quer rimar com o silêncio
Bebo vinho tinto feito água
como quem vive sangrando por dentro
Rezo uma prece com a fé de criança
que acredita em bicho papão
Sinto saudades das festas juninas
festejadas no mês de julho.
Quero um amor que goste mais de livros
que de mim.
Eu tenho todas as cores de lápis Faber :)
Mas nem se comparam aos koh i noor :(
Ainda bem que hoje é sexta
e amanhã é sábado
e depois é domingo.
Ainda bem...

(Raquel Amarante)

0 Comentários:

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal