"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Casa 8

pobre sol
na casa 8.
mergulha tão profundo
com ímpeto e violência
paixão e veneno
faz qualquer mundo ficar pequeno
amplia as dimensões obscuras
críticas, mórbidas, lúgubres.
sem medo de alturas
mergulha uma duas três
vezes
 no abismo
destroi o que ama
ama o que destroi
sopra
acende
apaga
vai embora
reclama
não ama
não pode amar.
desvia o olhar
e habita a tranquilidade de uma fantasia
de uma outra casa
supostamente.
casa oito só sente.
muito.
casa oito é oito oitenta.
onde impera casa oito
não há, não é possível existir 
o outro.

(raquel amarante)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...