"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

domingo, 6 de março de 2011

Carta não enviada n° 1 - Estreito corredor



Olá Iago,

Há algumas coisas que nunca lhe falei...
Como, por exemplo, que meu amor por você foi a primeira vista, que brega naum... Mas foi. Pois quando lhe vi naquele extenso corredor, com seus cabelos que batiam nos ombros, eu só consegui ver você...
Seus olhos grandes amendoados e seus lábios cor de morango destoavam no corredor, e depois de algum tempo estávamos juntos, pela força do meu pensamento. Mas de tão fugaz de que foi, veio e "passou", tornou-se, denovo, estreito, o corredor...
Eu te devo tanto... Você me deve tanto...
Estamos quites tá...

"Se lembrar dos tempos
dos nossos momentos
lembre da nossa música."
Comp. Liminha, Vanessa da Mata


Um abraço,

Stella

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...