"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

sexta-feira, 18 de março de 2011

N fatos reais


Eu matei, porque alguém me matou primeiro.
Eu me vendi, porque alguém me vendeu primeiro.
Eu não sou ninguém, porque ninguém
nunca me olhou como um ser inteiro.

Eu quero a prisão,
que é o único conceito que tenho de família.


Raquel Amarante N.

6 comentários:

  1. Console-se, no entanto, com o fato de vc poder ser alguém inteiro ao menos do ponto de vista estatístico do nosso quadro sobre o problema social. Não, não, engano-me enganando-te, de fato vc não é um ser inteiro, pois a estatística é matematicamente quebrada, e tem restos fracionais para mais ou para menos.

    Mas, console-se, avante, "maior abandonada, em frente a porta de uma casa", pois ainda assim, sabe que, "família e, família a, família! Nunca perde essa mania..." rsrs.

    Agora menos sério, diz-se que a palavra família, de origem latina, tem seu significado justamente na natureza de escravo, em toda sua acepção de ser posse do outro. Portanto, seus "N fatos reais" conduzem realmente a prisão da família.

    (Ó explicação inútil e enfadonha, pois isso vc deve saber muito mais que eu.)

    ResponderExcluir
  2. Eita...
    Não...
    I know nothing!
    Nem conheço direito estes "n fatos reais" que nos cercam.

    ResponderExcluir
  3. Junto então à sua voz, e ambos nós poderemos cantarolar juntos como os Beatles:
    "Nothing is Real..." ' no N reals facts'

    Da música pra poesia, poderemos recitar Quintana também:
    "Eu nada entendo da questão social.
    Eu faço parte dela, simplesmente...
    E sei apenas do meu próprio mal,
    Que não é bem o mal de toda a gente..."

    N.:Topa o nosso dueto cético-alienado?

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAHA...
    TopO!
    É preciso não saber
    viver!!

    ResponderExcluir
  5. Hahaha
    "Venha ver como viver é bom.
    Não é a vida como está,
    e sim, as pessoas como são." LUrb.

    Pois da escola de "não saber viver", imagino que você será minha jovial mestra de primeiras letras... letras infinitas...

    ResponderExcluir

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...