"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

"A minha intimidade? Ela é a máquina de escrever. " Clarice Lispector

segunda-feira, 4 de julho de 2011

O que é o amor?



O amor é um verso preso na garganta.
 Se não sai, angustia.
Se sai,
ou espanta
ou encanta
ou poesia.

(Raquel Amarante)

Video: Falando de amor -  Miucha e Tom


7 comentários:

  1. Olá Raquel
    O amor, sempre poesia...
    Adorei o vídeo.
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Que seja pra se tornar poesia então: sempre!!!


    Uma semana linda,


    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Ai que lindo isto!

    Raquel você é pura poesia, seria puro amor também? È sim

    ResponderExcluir
  4. o amor é pura poesia..
    beijos Raquel.. linda semana..

    ResponderExcluir
  5. Lindo, poetisa! E tão leve e belo que que até não me deixa escrever, d-escrever com a palavra cravejada na minha garganta.
    Sim, como disse outrem, "o amor bate na aorta", reverbera e emudece nas goelas do coração que como agora diz a tua voz: " O amor é um verso preso na garganta... ou poesia"

    P.S.: dois poemas com os auspícios do imortal e inexplicável amor, seu coração tá inspiradíssimo hein, poetisa? rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. rsrsrsr
    Amiga anônima,
    Vc faz uma leitura muito apropriada destes escritos...
    Diria até... Heideggeriana, pois não nota apenas as entrelinhas das poesias, mas observa o curso deste rio de palavras...
    Admiro sua perspicácia! =)

    ResponderExcluir
  7. É que esse rio de palavras me fascina. Mas, sem a perspicácia de um pescador "heiddeggeriano" amante desse curso fluvial, pois não obstante sua água cristalina, ele é um mistério...

    ResponderExcluir

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Canções do Varal

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...