"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Neurose

Que não seja real o amor desmedido
instaurado pelo fantasma
do coito interrompido.

(Raquel Amarante)

4 Comentários:

Anônimo disse...

Hahaha

Será, por Afrodite, que alguém leu o poema insurrecional "Interpretando Marx contemporaneamente" e foi a luta, fazendo revolução corpo a corpo?

Mas...
"Um fantasma paira" sobre corpos,
que excitados de lânguida consciência, fruem o real amor desmedido, e vencida a "precoce morte das preliminares", mas, que chega ao fim na neurose do coito interrompido.

Desculpe-me, cara poetisa, se fiz mal em relembrar um antigo poema e entrecruzá-lo, sem estro, com este seu atual. É que à visão de um outro veio-me á lembrança e nela se zarpou, e então eles entreolharam-se parecendo-me tão afins.

Raquel Amarante disse...

rsrsrsrsrsrss
Considerações interessantes...
O *Interpretando Marx contemporanemente seria uma definição minha da revolução socialista que segundo Marx surgiria de um afã pela busca de justiça... E na minha opinião, morreria antes de crescer, como toda chama...
Já *Neurose... rs Neurose, neste caso, usando sua associação... Seria o pós afã... O que resta da chama apagada... Ou melhor, cortada... O que vc acha que inconsciente faz com a fumaça que sobra?

Bjonterpretando Marx contemporanemente seria uma definição minha da revolução socialista que segundo Marx surgiria de um afã pela busca de justiça... E na minha opinião, morreria antes de crescer, como toda chama...
Já *Neurose... rs Neurose, neste caso, usando sua associação... Seria o pós afã... O que resta da chama apagada... Ou melhor, cortada... O que vc acha que inconsciente faz com a fumaça que sobra?

Bjo

Eraldo Paulino disse...

O melhor poema que li hoje.

Demais isso. Vou indicar via twitter...

bjs!

Raquel Amarante disse...

Oh meu querido! Brigada! Sempre tão gentil...

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal