"Quem medirá o calor e a violência do coração dos poetas, quando capturados e aprisionados no corpo de uma mulher?" Virgínia Woolf

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Apreciando as estrelas

Na varanda dormi
apreciando as estrelas
que piscam.

Lembrei-me dos meninos
que apreciavam uma tal piscada minha.

Arguta, cheia de lógica, não aristotélica
lanço uma asserção:
Tudo que pisca é vivo,
portanto, belo.
E a beleza,
está no abrir e fechar
no ser e não ser
estar e não estar
em cada sentir que pisca
e torna a vida viva.

(raquel amarante)




4 Comentários:

Anônimo disse...

Assim eu me torno menino menina
ao aprender que "Tudo que pisca
é vivo, porque é belo".
Pois já homem mulher
apenas sabia que o que piscava
eram as luzes da árvore de natal...

PS: Devo urgentemente, camalmente,
começar a reparar no piscar das estrelas e dos olhos...
Obrigada, poetisa.

Raquel Amarante disse...

:))))))

Alvarêz Dewïzqe disse...

Vai que a gente pisca e nem percebe que tem uma estrela piscando para nós.

Malu Silva disse...

Raquel,


Hoje vim lhe convidar para conhecer e se desejar acompanhar o novo espaço onde estou postando com mais amigos.
Espero que goste. Aguardo sua visita que só acrescentará ao blog.
As páginas são de excelente qualidade e bom gosto...

http://refugio-origens.blogspot.com

Postar um comentário

Você pode fazer comentários mesmo sem ter uma conta do Google ou sem ter um site. Basta clicar em Nome/URL, colocar seu nome e comentar. Sejam bem vindos! ;)

Seguidores

Canções do Varal